Como pagar menos nas tarifas do Banco do Brasil

Descubra como pagar menos nas tarifas do Banco do Brasil e economizar o seu dinheiro!

O Banco do Brasil é um dos principais bancos em atividade no país, sendo o banco público mais antigo do Brasil. Criada em 1808, a instituição financeira oferece os mais diversos serviços financeiros, como conta bancárias, empréstimos, financiamentos, seguros, investimentos, entre outros.

O Banco do Brasil, assim como a maioria dos bancos tradicionais, cobra diferentes tarifas, que variam conforme o serviço contratado. Mesmo com o pacote de serviços essenciais, estabelecido pelo Banco Central e sem custo, demais pacotes com mais serviços podem ser cobrados.

Veja agora quais são as tarifas cobradas pelo Banco do Brasil, conhecendo também os pacotes padronizados de serviços, e entenda como pagar menos tarifas no banco.

Quais são as tarifas cobradas pelo Banco do Brasil

O Banco do Brasil tem tarifas diversas, variando de acordo com o serviço prestado por ele. Abaixo, você poderá conferir quais são as tarifas mais comuns, como emissão de 2ª via de cartão de débito, saque, emissão de extrato mensal e por período, transferência entre contas de instituições diferentes (TED e DOC), e fornecimento de folhas de cheque, tanto na conta corrente como na conta poupança.

Serviço Tarifa conta corrente (R$) Tarifa conta poupança (R$)
Emissão de 2ª via de cartão de débito 8,50 8,50
Fornecimento de folha de cheque 1,75
Saque no caixa 3,00 3,00
Saque no caixa eletrônico 2,55 2,55
Extrato mensal no caixa eletrônico 2,95 2,95
Extrato por período no caixa eletrônico 2,95 2,95
TED 10,45 10,45
DOC 10,45 10,45

Embora essas tarifas sejam cobradas a cada vez que um desses serviços é realizado, o banco oferece pacotes de serviços, nos quais o correntista paga uma taxa fixa por mês para realizar determinada quantidade de serviços.

No Banco do Brasil, é possível contratar um pacote gratuito, com serviços considerados essenciais (que não podem ser cobrados), ou um dos outros quatro pacotes padronizados, estabelecidos pelo Banco Central, ou, ainda, outros dois pacotes personalizados.

Vale saber que os pacotes diferentes do pacote gratuito têm serviços adicionais aos serviços essenciais. Portanto, se o pacote gratuito dá direito a 4 saques, os demais pacotes devem oferecer uma quantidade superior de saques para poderem cobrar por isso.

Conheça abaixo os pacotes oferecidos pelo Banco do Brasil, sabendo quais serviços estão inclusos em cada um e os seus respectivos custos.

Pacote de Serviços Essenciais Gratuito

Saques: 4 por mês
Folhas de cheque: 10 folhas
Extrato 30 dias: 2 por mês
Extrato de outros períodos: não incluído
Transferência entre contas BB: 2 por mês
DOC: não incluído
TED: não incluído

Pacote Padronizado I: R$ 13,25

Saques: 8 por mês
Folhas de cheque: 12 folhas
Extrato 30 dias: 4 por mês
Extrato de outros períodos: 2 por mês
Transferência entre contas BB: 4 por mês
DOC: não incluído
TED: não incluído

Pacote Padronizado II: R$ 21,20

Saques: 8 por mês
Folhas de cheque: 12 folhas
Extrato 30 dias: 6 por mês
Extrato de outros períodos: 2 por mês
Transferência entre contas BB: 4 por mês
DOC: 1 transferência
TED: 1 transferência

Pacote Padronizado III: R$ 28,25

Saques: 10 por mês
Folhas de cheque: 16 folhas
Extrato 30 dias: 8 por mês
Extrato de outros períodos: 4 por mês
Transferência entre contas BB: 6 por mês
DOC: 2 transferências
TED: 2 transferências

Pacote Padronizado IV: R$ 43,75

Saques: 12 por mês
Folhas de cheque: 20 folhas
Extrato 30 dias: 8 por mês
Extrato de outros períodos: 4 por mês
Transferência entre contas BB: 8 por mês
DOC: 3 transferências
TED: 3 transferências

Pacote Personalizado: R$ 60

Saques: 24 por mês
Folhas de cheque: 20 folhas
Extrato 30 dias: 30 por mês
Extrato de outros períodos: 5 por mês
Transferência entre contas BB: 34 por mês
DOC: 2 transferências
TED: 2 transferências

Pacote Personalizado Especial: R$ 76,60

Saques: ilimitados
Folhas de cheque: 40 folhas
Extrato 30 dias: ilimitados
Extrato de outros períodos: 10 por mês
Transferência entre contas BB: ilimitadas
DOC: 3 transferências
TED: 3 transferências

Como pagar menos tarifas no Banco do Brasil

Uma das formas que o banco disponibiliza para que o seu correntista pague menos tarifas é exatamente a composição de pacotes de serviços. Todos os serviços inclusos nestes pacotes, se contados individualmente, têm custo superior aos valores dos pacotes fechados, gerando uma economia mensal para o cliente, mesmo que pequena.

Para pagar menos tarifas e economizar dinheiro, você pode analisar quantas transações bancárias você faz por mês e contratar o pacote que melhor te atende. Se você não faz muitas transferências (seja entre contas da mesma instituição ou de bancos diferentes) ou saques, o pacote gratuito e os dois primeiros pacotes padronizados são boas opções, uma vez que custam menos de R$ 30 por mês.

Já se você tem uma movimentação bancária mais intensa, vale a pena pegar pacotes mais caros, que possuem mais serviços inclusos.

Você também pode se planejar para efetuar o mínimo possível de transações bancárias no mês. Por exemplo, você pode escolher o pacote de serviços essenciais e não pagar nada por isso, e se programar para fazer apenas 4 saques por mês.

Caso precise fazer transferências para contas de bancos diferentes, você terá que pagar a tarifa pela transação, por isso, antes de transferir, confira o valor e outras informações, para que você não precise fazer outra transferência e pagar a tarifa novamente.

Além disso, opte pelos serviços que você pode fazer sem sair de casa, pelo internet banking. Ao invés de pagar uma tarifa para consultar o seu extrato mensal mais de duas vezes por mês, você pode fazer essa consulta quantas vezes quiser e sem pagar nada pelo internet banking ou, ainda, pelo aplicativo do banco. O aplicativo do Banco do Brasil pode ser encontrado no Google Play e na App Store.

Como pagar menos tarifas mudando sua conta

Você também pode pagar menos tarifas mudando de conta. Além da conta corrente tradicional, o Banco do Brasil oferece a Conta Fácil, que tem transações ilimitadas e gratuitas, apesar de ter um limite de movimentação mensal: só é possível movimentar R$ 500 por mês, porém, esse valor pode ser alterado para R$ 5 mil (respeitando o valor diário de R$ 1 mil) caso o cliente envie uma selfie e imagem de um documento de identificação no momento de abertura.

Se você já tem uma conta corrente no Banco do Brasil e quer mudar de conta para pagar menos tarifas, entre em contato com o seu gerente, ou confira se no próprio internet banking ou aplicativo há esta opção.

Outra conta para a qual você pode migrar é a conta poupança. Ela é isenta de tarifas, porém, contém apenas os serviços essenciais. Portanto, caso você cancele a sua conta corrente para ficar só com uma conta poupança, saiba que você ainda terá que pagar tarifa caso efetue alguma transação bancária que não está inclusa no pacote de serviços.

*Os valores das tarifas e pacotes de serviços do Banco do Brasil foram consultados em 20 de maio de 2020 e estão sujeitos a alterações.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL