Como ganhar dinheiro no Youtube: o guia completo

Confira o guia completo para ganhar dinheiro no YouTube e conseguir lucrar postando vídeos na internet.

O Youtube é uma das mais conhecidas plataformas de vídeos do mundo, na qual qualquer pessoa pode postar um vídeo para que outras pessoas o assistam. Atualmente, o site é um dos mais utilizados no mundo inteiro, seja para postar vídeos ou somente para assistir.

O que muitas pessoas têm feito é a vasta produção de vídeos e dedicado um grande esforço para ter uma frequência na postagem desses vídeos, uma vez que é possível ganhar dinheiro com eles.

Se você gostou da ideia e quer saber como ganhar dinheiro no Youtube, confira este guia completo e componha uma renda gravando e postando vídeos.

Como ganhar dinheiro com o Youtube

Para ganhar dinheiro no Youtube, é necessário seguir alguns passos iniciais, como definir um assunto para o seu canal, ter uma boa frequência e habilitar a monetização dos seus vídeos, ou seja, permitir que o Youtube coloque anúncios nos seus conteúdos. Conheça 5 passos para conseguir fazer uma grana com a plataforma de vídeos.

1. Faça um bom planejamento do seu canal

Depois de criar uma conta no Youtube, é importante que você defina um assunto a ser abordado nos seus vídeos. Isso não é uma obrigação, mas pode te ajudar, uma vez que com um assunto determinado, você consegue focar mais no que um nicho específico se interessa. Tentar agradar a todos os nichos pode ser muito difícil, por isso, procure um nicho único, pelo menos no início do canal.

Além disso, dedique tempo produzindo um bom conteúdo e de boa qualidade. Faça pesquisas, crie um roteiro, traga informações relevantes no seu canal, para que as pessoas se interessem e gostem dos seus vídeos.

Se preocupe, ainda, com a qualidade técnica do seu vídeo. No início, faça gravações com o que você tem. Aos poucos, conforme for possível, invista em equipamentos que podem melhorar o som e a imagem do vídeos, a fim de proporcionar uma melhor experiência para os seus inscritos.

Não se esqueça de ter uma frequência. Canais que possuem dias específicos ou uma quantidade determinada de vídeos para serem postados durante a semana tendem a chamar mais atenção do que aqueles que não tem uma periodicidade definida.

Por fim, se faltar criatividade, você pode ver vídeos de canais que têm o assunto parecido ou igual ao do seu e se inspirar. Procure principalmente aqueles que têm muitas visualizações e inscritos, pois isso indica que o formato dos vídeos está dando certo.

2. Escolha boas palavras para o título e uma boa miniatura de vídeo

Além de ter um bom conteúdo, é preciso fazer uma boa chamada no vídeo, para que ele atraia o maior número de pessoas possível. Por mais que o seu vídeo tenha um conteúdo excelente, um título mal escolhido pode não chamar tanto a atenção dos usuários do Youtube, o que faz com que você não tenha visualizações.

Escolha palavras que tenham a ver com o seu conteúdo e que, ao mesmo tempo, são palavras-chave no nicho que você escolheu para o seu canal.

A miniatura do vídeo, chamada também de thumbnail, é a imagem que ilustra o seu vídeo, ou seja, ela é a primeira coisa que as pessoas vão ver do seu vídeo, mesmo sem assisti-lo. Além do título chamativo, a thumbnail também pode ser usada para atrair mais visualizações. É possível colocar fotos, partes do vídeo, palavras, ou unir tudo isso para criar uma thumbnail chamativa e conseguir mais espectadores.

3. Habilite a monetização do canal

Definido o assunto, formato, frequência e demais detalhes do seu canal, você precisa habilitar a monetização dos seus vídeos. Com essa habilitação, o Youtube consegue colocar anúncios durante o seu vídeo. Assim, sempre que alguém ver o anúncio, você ganha um dinheirinho.

Para habilitar a monetização, você precisa entrar na sua conta no Youtube, clicar em “Configurações”, “Status e recursos do canal” e em “Monetização”. Preencha o formulário indicando o seu país, as palavras-chave do seu canal e outras informações do seu canal. Depois é só clicar em “Salvar”.

Vale saber que, para que a monetização realmente aconteça, é preciso seguir algumas regras da plataforma. Uma das regras é ser aceito no programa de parcerias do Youtube. Para isso, é necessário ter mil inscritos e 4 mil horas de tempo de exibição no último ano. Você pode saber quantas horas de exibição o seu canal já tem clicando na aba “Estatísticas”, na sua conta no Youtube.

Apenas ter a quantidade certa de visualizações e inscritos não significa a aceitação no programa de parceiras, sendo necessário, ainda, que o seu canal esteja dentro das políticas e diretrizes da plataforma. Assim, só depois de ser aceito, é que a monetização será efetiva.

Para receber o dinheiro, você deverá ter uma conta no Google Adsense, que é a plataforma que o Google usa para realizar os pagamentos. O dinheiro é pago em dólar, e deve ser transferido para a sua conta corrente para que você consiga usá-lo. Tratando-se de transações internacionais, há a incidência de taxas sobre a operação.

É importante lembrar, ainda, que os anúncios são convertidos em dinheiro conforme são visualizados. Então, caso o seu canal ainda tenha pouca visualizações, você não ganhará tanto. Já se tem várias visualizações, a quantia será mais alta. Por isso é tão importante se atentar ao conteúdo, apresentação e divulgação do vídeo, pois quanto mais visualizações, mais dinheiro você ganha.

4. Tenha parcerias

Além da monetização, você também pode fazer uma parceria com alguma empresa, de preferência que seja relacionada com o conteúdo que você produz, e fazer uma propaganda do produto no seu vídeo. Juntamente com a propaganda, você pode disponibilizar um link na descrição dos vídeos ou nos comentários para que os seus inscritos façam a compra por meio dele. Assim, você recebe uma porcentagem a cada venda realizada, assim como funciona no marketing de afiliados.

5. Tenha membros no seu canal

Uma outra maneira de monetizar o seu canal é permitindo que ele tenha membros, o que é diferente de inscritos. Os membros são aqueles que pagam uma taxa mensal para ter acesso a conteúdos exclusivos do seu canal. Por isso, caso você tenha essa ferramenta habilitada no seu canal, saiba que você terá que produzir um conteúdo diferente para os membros, que pagam, e para os demais inscritos, que têm acesso aos seus vídeos gratuitamente.

Para ter membros, é preciso ter mais de 18 anos, ter, no mínimo, 100 mil inscritos, ser considerado um canal qualificado, fazer parte do programa de parcerias do Youtube e não produzir conteúdo cujo principal público-alvo são as crianças.

Cumpridos estes requisitos, basta acessar a sua conta no Youtube, clicar em “Configurações”, “Status e recursos do canal” e em “Clubes dos canais”.

Caso você tenha membros, saiba que o recebimento ocorrerá da mesma maneira do que o da monetização, pelo Adsense, e você ganhará o valor integral que o membro pagar – o Youtube não fica com nenhuma parte desta mensalidade.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL