Carro com dívidas de financiamento: saiba o que fazer

Saiba o que fazer se você está com dívidas no seu financiamento de carro para não acabar perdendo o veículo.

O financiamento de carros é um dos tipos de pagamento mais utilizados na compra de um veículo. Ele permite que o comprador pague pelo carro de maneira parcelada, podendo ou não dar um valor maior de entrada, a fim de diminuir o valor a ser financiado e pagar menos juros.

Uma vez que é possível fazer o parcelamento de até 60 vezes, o que equivale ao período de 5 anos, é possível que em algum momento o pagador tenha dificuldades financeiras e acabe deixando de pagar alguma parcela, contraindo dívidas e correndo o risco de perder o veículo.

Se este for o seu caso, saiba o que fazer para solucionar este problema e livrar o seu carro das dívidas de financiamento, evitando a perda do veículo para a empresa credora.

Como se livrar das dívidas de financiamento

Se você conseguiu financiar o veículo desejado, mas por algum motivo não conseguiu pagar uma ou mais parcelas, saiba que você terá que entrar em contato com a instituição financeira onde fez o financiamento a fim de negociar a dívida.

Caso tenha atrasado o pagamento de apenas uma parcela, com até 30 dias de atraso você pode acessar o site da empresa e pegar uma segunda via de boleto, atualizada com multa e juros, ou fazer essa solicitação por telefone ou em outro canal de atendimento disponibilizado pela instituição financeira.

Já se o atraso supera 30 dias, fazendo com que seja mais de uma parcela em aberto, ligue para a empresa e explique a sua situação. Antes disso, você pode analisar o seu orçamento mensal e verificar se as parcelas estão muito pesadas. Coloque no papel todas as suas despesas e receitas (recebimentos) e veja quanto você pode pagar a cada mês para não comprometer o restante das suas contas.

Assim, converse com um representante da instituição financeira e tente renegociar, inclusive o valor da parcela; veja a possibilidade do valor original ser alterado para o valor que você pode pagar mensalmente, mas lembre-se: se o valor da parcela diminuir, você terá que pagar o financiamento por mais meses.

Tenha cuidado e analise muito bem a proposta da empresa. Se for necessário, peça uma nova proposta: caso os valores da primeira proposta ainda estejam incompatíveis com o seu orçamento mensal, a probabilidade de você se endividar novamente é bem alta. Por isso, tenha a certeza de quanto você pode pagar para não correr esse risco.

Além disso, com o aumento do prazo para pagamento, é possível que a taxa de juros também seja alterada. Fique de olho para não ser prejudicado com isso e acabar pagando um valor ainda maior. O ideal é que você converse com calma com o representante da empresa até chegarem a um acordo que beneficie ambas as partes.

Como evitar esta situação

É fundamental que você, antes de contratar o financiamento, faça uma simulação e analise o seu orçamento mensal, vendo se há espaço para a parcela do financiamento. Não deixe de se planejar antes de fazer a contratação, pois as parcelas não costumam acabar tão cedo e o endividamento pode acontecer a qualquer momento.

Se você se planejou e mesmo assim teve problemas com o pagamento, seja por uma diminuição na renda mensal ou pelo acréscimo de despesas, tente entrar em contato com o banco antes mesmo de ficar inadimplente, para conseguir um acordo melhor e não ser tão prejudicado. Veja 5 maneiras de evitar as dívidas ao entrar em um financiamento.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL