Financiamento de carro Santander: como fazer

Entenda como fazer o financiamento de carro com o Santander e flexibilizar o pagamento do seu novo carro.

Uma das formas mais utilizadas para pagar um veículo é o financiamento, que permite que o comprador utilize o carro enquanto faz o seu pagamento em parcelas. Uma das empresas que oferece o financiamento de carros é o banco Santander, um dos principais bancos privados do país, com mais de 35 anos de atuação no mercado financeiro brasileiro.

Com o financiamento de carro Santander, é possível dividir o pagamento do veículo em até 60 meses sem precisar abrir uma conta corrente com a instituição financeira, porém, vale saber que quem já é correntista tem condições diferenciadas com relação ao prazo de pagamento e taxa de juros.

Saiba mais sobre como funciona o financiamento de carro Santander e qual o procedimento para fazer um e ter o seu carro novo mais rápido.

Entenda o financiamento de carro do Santander

No financiamento de carros do Santander, o interessado escolhe o veículo, define um valor para dar de entrada e divide o que restou em parcelas iguais. Para conseguir o crédito, é necessário que ele seja aprovado na análise de crédito, que também definirá se ele pode ou não financiar o valor inteiro do carro, sem pagar nada de entrada.

O banco permite que o pagamento seja feito em até 60 meses e trabalha com taxas de juros a partir de 1,47% ao mês (dado consultado no site do Banco Central em 27/05/2020). Além disso, é possível financiar carros novos e usados, com até 10 anos de fabricação – carros mais velhos não podem ser financiados com o banco.

Quem já é cliente do Santander e recebe o salário pelo banco tem até 90 dias para começar a pagar as parcelas do financiamento, além de ter 10% de redução na taxa de juros aplicada. A instituição financeira também garante a cobertura da oferta da concorrência. Para tudo isso, é necessário conversar com o gerente da conta.

Como fazer o financiamento de carro pelo banco

Para fazer o financiamento de carro Santander não é necessário já ser cliente do banco. No site da instituição financeira, é possível fazer uma simulação com os seus dados pessoais e ter uma ideia de quanto você terá que pagar no carro caso o financie.

Na simulação, preencha os campos com os dados solicitados. Você deverá informar o seu CPF, nome completo, dados para contato, endereço, renda mensal, entre outros dados, para que o banco te conheça e conheça o seu perfil financeiro. Escolha o tipo de veículo, o valor a ser financiado e onde será feito o licenciamento do automóvel (cidade e estado).

Assim, uma pré-simulação será feita, na qual você poderá ver a quantidade e o valor das parcelas. Desta maneira, você poderá analisar esses detalhes juntamente com o seu orçamento mensal, sabendo qual será o impacto nos próximos meses. É muito importante que você faça esse planejamento antes de fechar o negócio, para não se endividar e acabar perdendo o veículo.

Se estiver tudo certo e de acordo com as suas preferências, selecione o veículo, preencha os dados e envie a proposta para o banco. Em pouco tempo será feita a análise de crédito e você saberá se conseguirá financiar o automóvel naquelas condições ou não.

Quem pode financiar um veículo pelo Santander

Tanto correntistas do Santander como não correntistas podem fazer o financiamento de carros com o banco. O comprador deve ter mais de 18 anos, ter algum tipo de comprovante de renda e não pode estar com o nome sujo – o histórico de inadimplência acusado na análise de crédito atrapalha e acaba impedindo a negociação. Por isso, consulte o seu CPF antes de pedir um financiamento, evitando possíveis constrangimentos.

Se você está negativado, você terá que limpar o seu nome antes de solicitar o financiamento. Reorganize o seu orçamento mensal e negocie com as empresas para as quais você está devendo. Se você precisar de crédito para isso, você pode pedir um empréstimo consignado, que até mesmo quem está com restrição consegue pegar, mas cuidado para não criar apenas mais uma dívida que irá te prejudicar.

Ou ainda, se você não está com tanta pressa, você pode fazer um consórcio e aguardar os sorteios mensais para conseguir o seu carro. Assim como em um financiamento, os pagamentos devem ser feitos mensalmente até o final do contrato, porém, o consorciado só tem acesso ao veículo quando for contemplado no sorteio ou der um lance fixo ou livre, a depender do plano de consórcio contratado.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL