PEP Financiamento Estudantil: como funciona

Conheça o PEP financiamento estudantil e entenda como ele funciona.

O financiamento estudantil é uma linha de crédito disponibilizada por diversos bancos e instituições financeiras, que tem como objetivo ajudar quem quer fazer uma faculdade particular, mas não tem como arcar com os custos das mensalidades. Com ele, os estudantes têm mais tempo para pagar a faculdade, pagando um valor mensal menor do que a mensalidade exigida.

Semelhante ao financiamento estudantil oferecido pelos bancos, o PEP – Parcelamento Estudantil Privado – é um benefício oferecido aos estudantes de determinadas faculdades, e que consiste no parcelamento do curso sem a incidência de juros. Diferente da linha de crédito, neste caso, o aluno não precisa ter ligação com nenhum banco, uma vez que negocia o parcelamento diretamente com a instituição de ensino.

Saiba mais sobre o PEP financiamento estudantil e entenda como ele funciona.

Como funciona o PEP

O PEP – Parcelamento Estudantil Privado – é um benefício oferecido aos estudantes que fazem vestibular nas faculdades participantes. Com ele, o aluno consegue parcelar até 70% do seu curso, pagando o restante depois de formado. Além disso, diferente do financiamento estudantil disponibilizado por bancos e instituições financeiras, o PEP não cobra juros, o que faz uma grande diferença no valor total pago.

É possível contratar o parcelamento para todos os semestres do curso, não sendo necessário ter conta em banco e nem ter feito o Enem. Apesar disso, se o estudante já tiver feito o Enem, ele pode apresentar a nota para a instituição de ensino e não ter que fazer o vestibular.

No PEP, o parcelamento só pode ser contratado por calouros e para determinados cursos presenciais, não sendo possível contratar o benefício para cursos à distância ou por quem já está matriculado em uma das faculdades participantes. Além disso, é preciso ter um fiador para a contratação.

São três as modalidades do PEP, que se diferenciam na porcentagem que é parcelada. Entenda abaixo.

PEP 25

Nesta modalidade, o estudante paga 70% do curso apenas depois de sua formatura. Sendo assim, o pagamento enquanto a graduação é cursada ocorre da seguinte forma: nos dois primeiros semestres, deve ser pago 25% do valor da mensalidade; a partir do terceiro semestre, deve ser pago 35% do valor da mensalidade; depois da conclusão do curso, deve ser pago 70% da última mensalidade vigente do curso.

O saldo devedor é corrigido anualmente pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), desde o vencimento da cada mensalidade durante o(s) semestre(s) letivos(s), até a liquidação da dívida.

PEP 30

Na modalidade PEP 30, nos dois primeiros semestres, o aluno paga 30% do valor da mensalidade; nos dois semestres seguintes, ou seja, no terceiro e quarto semestre, o pagamento deve ser de 40% do valor da mensalidade; no quinto e sexto semestre, o aluno pagará 50% do valor da mensalidade; a partir do sétimo semestre, o pagamento deve ser de 60% do valor da mensalidade.

Depois da conclusão do curso, o estudante deve pagar 60% do valor da última mensalidade do curso. O valor da parcela será corrigido anualmente de acordo com o IPCA, até a liquidação da dívida.

PEP 50

Nesta modalidade, é possível parcelar 50% de cada mensalidade do curso. No primeiro semestre, o aluno pagará 50% do valor da mensalidade; os outros 50% da mensalidade serão pagos nos semestres seguintes.

Após a conclusão do curso, o estudante deverá pagar 50% do valor da última mensalidade, até a liquidação da dívida. O valor da parcela será corrigido anualmente pelo IPCA.

Vale saber que, em cada uma destas modalidades, as vagas para aderir ao benefício são limitadas.

Faculdades participantes do PEP

As instituições de ensino que disponibilizam o PEP são a Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime, Unopar e o Instituto Camillo Filho (ICF). Sendo assim, apenas nestas faculdades os calouros podem aderir ao parcelamento estudantil.

Quem pode contratar o Parcelamento Estudantil Privado

Não é necessário ser correntista de nenhum banco para conseguir o parcelamento estudantil com o PEP. No entanto, apenas os calouros podem fazer essa contratação, o que significa que quem já está matriculado e no andamento do curso não consegue contratar.

Vale lembrar que apenas os alunos de graduação presencial conseguem fazer a contratação do PEP, e que não sejam alunos do curso de medicina ou já sejam participantes de outros programas estudantis, como o ProUni e o FIES.

Como contratar o PEP Financiamento Estudantil

Para contratar o PEP, é preciso se inscrever no processo seletivo de uma das faculdades participantes e realizar a prova. Caso aprovado, o interessado deverá se dirigir até a faculdade para realizar a matrícula. Neste momento, ele deve informar que deseja fazer o PEP, e assim, na existência de vaga para o curso selecionado, será possível fazer o parcelamento.

Interessados no PEP que estão matriculados em instituição de ensino não parceiras podem pedir transferência para uma das faculdades participantes pelo próprio site do PEP e ter a chance de parcelar o curso.

Também é possível simular o parcelamento, sabendo quanto deverá ser pago ao menos no primeiro semestre do curso. Basta acessar o site do PEP e clicar em “Simule seu parcelamento”. Informe a faculdade desejada, o valor da mensalidade, a sua renda mensal e o número de semestres que deseja parcelar, e clique em “Calcular” para ver o resultado.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL