Plano de saúde odontológico: entenda como funciona

Saiba como funciona um plano de saúde odontológico e quais são as principais vantagens em ter um!

Semelhante ao plano de saúde tradicional, o plano de saúde odontológico é voltado especificamente para a saúde bucal do paciente, disponibilizando ao beneficiário tanto o atendimento necessário para situações emergenciais e necessárias, como a quebra de um dente ou uma cárie, quanto o atendimento de prevenção, como limpeza e consultas periódicas.

Assim como em um plano de saúde tradicional, no qual o indivíduo tem atendimento disponível em unidades de atendimentos credenciadas, de serviços preestabelecidos em contrato (coberturas), o plano dental oferece diferentes tipos de coberturas, específicas para os diferentes tipos de problemas de saúde bucal.

Entenda melhor como funciona um plano odontológico e conheça as vantagens desse tipo de plano de saúde.

Como funciona o plano odontológico

Ao contratar este plano, o indivíduo torna-se um beneficiário. A partir disso, ele tem acesso às coberturas, isto é, aos atendimentos permitidos pelo plano contratado, sempre que precisar. Sendo assim, em casos de emergências dentárias, ele pode ir até uma das unidades de pronto atendimento permitidas e integrantes da rede referenciada e ser atendido por um dentista.

As coberturas e serviços mais comuns de serem encontrados em planos odontológicos são o de atendimento urgente e emergencial, consultas iniciais e exames necessários, radiografias, tratamentos de prevenção, de gengiva, de canal, tratamentos para crianças, entre outros.

É importante saber que, depois de realizada a contratação do plano, o cliente deve esperar um tempo para ter acesso aos serviços contratados, não podendo fazer seu uso imediatamente. Para atendimento emergencial, esse tempo, a chamada carência, costuma ser de 24 horas. Porém, em outros serviços, o tempo é maior, variando entre 30, 90 e até 180 dias.

Por essa razão, atente-se a todas as informações do plano antes de assinar o contrato, tendo o conhecimento da carência e também das coberturas inclusas, a fim de evitar a recusa do atendimento em determinados casos.

Onde contratar esse tipo de plano

É possível encontrar planos dentais em seguradoras, como a Porto Seguro, em operadoras de planos de saúde tracionais, como a Amil Saúde, em empresas especializadas neste tipo de plano, ou ainda em outros lugares, como os bancos Bradesco e Santander. Clique aqui e conheça algumas operadoras de planos dentais que atuam no Brasil.

Quanto custa um plano odontológico

Uma das vantagens do plano dental é que ele costuma ser mais barato do que o pagamento de uma emergência que envolve algum dente seu ou ainda algum tratamento dentário, como canal, clareamento ou instalação de aparelhos metálicos. Planos com coberturas mais simples e básicas, como consultas e radiografias, costumam ter o preço médio de R$ 50 ou R$ 60. Já os que incluem coberturas maiores e mais completas, como próteses, clareamento e outros processos estéticos, podem ultrapassar os R$ 100 mensais.

Vale a pena pensar sobre o assunto e analisar a necessidade de um plano, considerando os valores cobrados e a sua real necessidade de atendimento dentário, contando quantas vezes você vai ao dentista ao ano e quanto costuma pagar no final das contas.

Por que contratar um plano dental?

Um plano de saúde odontológico, dependendo das coberturas inclusas, pode ter preços bem acessíveis. Considerando o fato de que os valores praticados por este mercado costumam ser altos, o pagamento de parcelas mensais pode valer mais a pena do que pagar um valor mais alto no caso de uma emergência dentária.

Portanto, é uma alternativa bem atrativa para quem busca cuidar mais da sua saúde bucal e, principalmente, para quem visita o dentista com frequência, seja por consultar periódicas ou por necessidade.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL