Plano de saúde para quem está grávida: saiba se é possível contratar

O plano de saúde pode aceitar a inclusão de beneficiárias grávidas, mas a cliente não conseguirá utilizar alguns serviços da assistência médica. Entenda. 

A gravidez pode ser um momento planejado pelo casal ou, em muitos casos, uma grande surpresa para a família. Em todos eles, a gestante precisa fazer o acompanhamento médico necessário para ter uma gravidez tranquila e sem riscos até o parto. Uma alternativa é recorrer ao plano de saúde para fazer o pré-natal e outros exames durante o período gestacional.

O que acontece em muitos casos é que a mãe da criança não possui o plano de saúde, logo, ela terá que recorrer ao atendimento público de saúde para fazer o acompanhamento da gravidez ou pagar consultas e exames de forma particular, o que acaba saindo mais caro.

As beneficiárias que estão gestantes podem contratar um plano de saúde para ter atendimento médico durante a gravidez, mas ela não terá cobertura total para internação e parto. Entenda mais sobre as regras de contratação do plano médico por clientes que já estão grávidas e descubra as restrições do serviço nesses casos.

Como funciona o plano de saúde para gestante

O plano de saúde é uma garantia de conseguir atendimento médico mais rápido em casos de emergência ou para ter atendimento clínico. Para pacientes gestantes, as operadoras devem oferecer consultas e exames do pré-natal, como as ultrassonografias. Além dessas assistências, se o plano tiver cobertura de obstetrícia, a empresa deverá indicar na rede credenciada hospitais e maternidades em que a beneficiária poderá fazer a internação e o parto da criança.

Após o nascimento, o plano de saúde também deve cobrir o atendimento do recém-nascido nos primeiros 30 dias de vida. Como é um período importante para o desenvolvimento da criança, a operadora precisa liberar consultas ao pediatra e outros exames para acompanhar o primeiro mês de vida da criança. Quando esse período estiver sido atingido, o bebê poderá ser incluído no plano médico da mãe ou do pai como dependente.

É possível contratar plano de saúde estando grávida?

As operadoras podem incluir beneficiárias gestantes aos planos de saúde, porém, as clientes terão que aguardar o tempo de carência estabelecido no contrato com a empresa para fazer as consultas e exames do pré-natal, sobretudo o parto na rede credenciada ao plano. As pacientes que já têm o convênio médico com cobertura obstétrica podem fazer o acompanhamento da gravidez e o parto sem cobranças adicionais, caso contrário será necessário contratar um plano para cobrir os custos dos atendimentos.

As gestantes que quiserem contratar um plano de saúde devem procurar o quanto antes as operadoras e ver os planos disponíveis com assistência obstétrica. A carência para internações e partos a termo (nascimento entre 37 e 42 semanas) é de até 300 dias após a contratação do plano, segundo regulamentação da ANS. Portanto, se o parto não for prematuro (entre 31 e 37 semanas), a gestante terá que pagar os custos da internação, parto e maternidade de forma separada.

É importante lembrar que quanto mais cedo a contratação do plano for feita pela gestante, as chances dela conseguir atendimentos de emergência, exames e consultas serão maiores. A ANS estabelece que consultas de urgência e emergência têm 24 horas de carência após a contratação, enquanto demais exames e consultas devem ser liberados em até 180 dias depois da assinatura do contrato. Por isso, ela poderá fazer alguns exames do pré-natal antes do parto pelo convênio.

Onde contratar um plano de saúde para gestante

No Brasil, grande parte das operadoras oferecem planos de saúde hospitalares com obstetrícia que garantem toda assistência para a gestante, desde as primeiras consultas até o primeiro mês de vida do recém-nascido. Empresas como a Amil, Unimed, Bradesco Saúde e a SulAmérica Saúde possuem planos com o atendimento completo para pacientes que estejam grávidas. Antes de contratar com uma delas, faça o orçamento e não deixe de informar quanto tempo está gestante. Veja também a possibilidade de contratar um plano de saúde com um corretor para escolher a melhor opção.

Procure saber mais informações sobre os reembolsos de atendimentos médicos e outros exames após a contratação para não ter surpresas desagradáveis quando vier as cobranças do plano de saúde.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL