Consórcio x Pravaler: qual a melhor forma de pagar a sua faculdade

Descubra qual das duas opções é a melhor para você pagar a sua faculdade e conseguir um diploma universitário.

faculdade_video

Ter um diploma é uma conquista muito importante, pois ele abre várias portas na sua carreira. Mas nem sempre sobra dinheiro para pagar uma faculdade, não é? Os custos com as mensalidades costumam ser altos e, dependendo do tipo de curso e da universidade escolhida, esse período pode ultrapassar cinco anos.

Apesar dessa dificuldade, não desanime: existem outras formas de quitar a graduação e investir no seu futuro. Confira abaixo como funciona o consórcio e o Pravaler e veja qual vale mais a pena para ajudar você a concluir os estudos!

Como funciona o consórcio

Você escolhe o valor da carta de crédito – que é a quantia que vai gastar com seu estudo – e começa a pagar as parcelas mensalmente. Então, quando for sorteado, poderá usar o dinheiro para quitar a faculdade. Com o dinheiro todo em mãos, dá até para negociar um desconto e pagar o curso à vista! Clique aqui e saiba mais sobre esse negócio.

Como funciona o crédito universitário Pravaler

Com ele, você tem o dobro do tempo do seu curso para quitar o empréstimo e, por isso, paga apenas 50% do valor da mensalidade. É uma forma de deixar as parcelas mais leves e manter o seu orçamento controlado. Os juros do Pravaler variam de 0% a 2,19% ao mês, por isso, o programa pode ser uma alternativa para quitar as mensalidades da faculdade. Confira aqui os detalhes do Pravaler.

Consórcio ou Pravaler: Qual a melhor forma de pagar a minha faculdade?

Depende. Se você se programou com bastante antecedência, pode apostar no consórcio. Afinal, quando receber a carta de crédito, poderá negociar o pagamento da faculdade à vista e até conseguir um bom desconto. No entanto, o sorteio pela carta de crédito pode demorar e nem sempre você será contemplado nos primeiros meses do consórcio. É preciso ter paciência e continuar efetuando os pagamentos.

Mas se você quer começar a faculdade logo ou já está estudando, veja se a sua instituição de ensino aceita o Pravaler. As parcelas ficarão menores e você vai conseguir quitar o curso com tranquilidade. Lembre-se de que você precisará apresentar um garantidor que irá ser uma espécie de fiador do seu curso e antes de fechar o contrato, certifique-se que as parcelas caberão no seu bolso.

Entenda mais sobre o Fies

Além dessas formas de pagamento, quem quer entrar na faculdade pode tentar se inscrever no Fies – o programa de financiamento estudantil do governo. Os candidatos precisam ter feito o Enem a partir do ano de 2010 e ter renda mensal familiar de três a cinco salário mínimos por pessoa, mas além dessas regras, o programa exige outras informações. Clique aqui e saiba mais sobre o Fies.

Financiamento estudantil nos bancos: como funciona

Os bancos também facilitam o pagamento das mensalidades para quem quer ingressar na faculdade. Geralmente, a renovação do financiamento é semestral e os bancos estendem o pagamento por até 12 meses. Dependendo da instituição bancária, o aluno consegue estender a dívida para depois da conclusão do curso, o que pode ajudar o universitário até conseguir um emprego estável. Clique aqui e conheça o financiamento estudantil em quatro bancos!

Veja também!




Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL