Qual a diferença entre o plano de saúde hospitalar e o ambulatorial?

Entenda como funciona os dois tipos de planos de saúde e descubra qual valerá mais a pena para você. 

A contratação de um plano de saúde é ideal para quem pretende ter assistência médica em casos de emergências e tratar de outras doenças. O serviço libera o atendimento em hospitais, clínicas credenciadas e laboratórios para que o beneficiário do plano faça o acompanhamento médico com profissionais que possam ajudar em seu tratamento e recuperação.

No momento em que for até um corretor ou procurar as operadoras de plano de saúde para saber dos preços e condições, o cliente precisa ter uma ideia do tipo de cobertura que pretende contratar e quantas pessoas serão incluídas no convênio para fazer um plano  com as assistências necessárias e com um preço justo.

A primeira dúvida que surge é entre contratar um plano de saúde com segmentação hospitalar ou ambulatorial. As duas opções garantem atendimento médico, mas possuem coberturas diferentes. Veja abaixo como funciona cada uma delas e descubra qual será a melhor escolha pra você!

Como funciona o plano de saúde hospitalar

Este tipo de plano garante o atendimento do paciente em casos de urgência e emergência. Logo, se o cliente sofreu algum acidente e estiver sentindo dores, basta procurar uma unidade de atendimento credenciada à operadora do plano de saúde e passar em consulta. Além desse atendimento, a segmentação do tipo hospitalar permite que o beneficiário seja internado e operado em casos mais urgentes.

O plano de saúde hospitalar está disponível com e sem obstetrícia, ou seja, de acordo com a contratação, a beneficiária ou dependente pode não conseguir fazer o parto em um dos hospitais da rede do plano de saúde. Portanto, verifique junto à operadora se o seu convênio médico hospitalar possui cobertura para dar a luz e fará o atendimento do recém nascido no primeiro mês de vida. Veja abaixo todos os atendimentos cobertos pelo plano hospitalar.

Coberturas do plano hospitalar

Entenda o plano médico ambulatorial

O plano ambulatorial libera atendimento em clínicas, laboratórios e centros médicos de terapias. Diferente do que acontece no plano hospitalar, essa opção procura conceder atendimentos agendados e acompanhamento durante tratamentos médicos. Os atendimentos de emergência e urgência também são liberados no plano de saúde ambulatorial, entretanto, o paciente só terá cobertura nas 12 primeiras horas após a entrada no hospital. Caso fique mais tempo no local, ele terá que arcar com os custos do atendimento médico após as 12 horas de entrada.

Coberturas do plano ambulatorial

Qual tipo de assistência médica devo contratar?

Na hora de contratar um plano de saúde, o interessado precisa pensar a longo prazo e colocar no papel quais atendimentos deseja fazer quando estiver com o convênio médico e precisar passar em consulta. Quem pretende ter uma cobertura maior em situações de emergência, o plano hospitalar é a melhor opção. Com ele, você e sua família receberão atendimento em casos de emergências e poderão fazer exames para obter um diagnóstico mais rápido.

O plano ambulatorial é mais econômico, mas possui poucas assistências inclusas. Ele permitirá que o beneficiário tenha o atendimento de emergência, mas só incluirá as primeiras 12 horas no hospital. Além disso, procedimentos cirúrgicos e exames mais complexos terão custos cobrados fora do plano de saúde contratado.

Entenda a carência dos planos de saúde

Quando for contratar um plano de saúde, além da segmentação do contrato, o beneficiário deve ficar atento em relação ao período de carência estipulado pela operadora junto à ANS. Trata-se do tempo necessário para conseguir utilizar determinadas coberturas do plano de saúde que foi contratado.

Atendimentos de urgência e emergência são liberados após 24 horas da contratação, já internações cirúrgicas e outros procedimentos só são liberados após 180 dias. Entenda mais sobre a carência nos planos médicos.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL