Financiamento de imóvel usado: tire suas dúvidas!

Esclareça 6 dúvidas sobre o financiamento de imóvel usado e saiba se o negócio vale a pena.

O financiamento de imóveis é uma linha de crédito que permite que o interessado em comprar uma casa, apartamento ou espaço comercial, faça o pagamento de uma parte do valor do imóvel à vista e parcele o restante. Sendo uma das formas de pagamento mais procuradas, ele é oferecido por diversas instituições financeiras, principalmente pelos grandes bancos tradicionais.

Na maioria destas instituições, é possível financiar tanto imóveis novos como usados, porém, esse é um dado que pode variar de banco para banco.

Embora a tendência seja que os imóveis antigos sejam mais baratos do que os novos, o processo de financiamento dos dois tipos de imóveis não é muito diferente se olharmos para os termos mais técnicos, como taxa de juros, e prazo e forma de pagamento.

Confira agora as repostas de 6 dúvidas sobre o financiamento de imóveis usados e veja se vale a pena fazer essa contratação.

1. Qual a diferença entre um financiamento de imóvel usado e um financiamento de imóvel novo?

Em termos gerais, não há muita diferença entre os dois tipos de financiamento habitacional. Normalmente, o valor de um imóvel usado é menor do que um imóvel novo, o que com certeza influencia no bolso do comprador. No entanto, é difícil que a taxa de juros, o prazo para pagamento e a forma de pagamento permitida sejam diferentes para os dois tipos de imóveis.

Apesar disso, há, sim, uma diferença. Quem pretende financiar um imóvel novo, pode utilizar recursos do FGTS para ajudar na compra. No caso do financiamento de imóvel usado, este recurso não pode ser utilizado caso o imóvel em questão tenha sido negociado com o uso do FGTS em sua aquisição ou construção nos últimos três anos. Em um período maior que este, não há impedimento.

2. Vou pagar mais ou menos financiando um imóvel usado?

Considerando que o valor de um imóvel usado tende a ser inferior ao valor de um imóvel novo, o comprador tem a vantagem de pagar menos no financiamento da sua nova moradia usada. Porém, vale ressaltar que isso depende do valor do próprio imóvel, ou seja, a taxa de juros e demais taxas não são superiores ou inferiores às de um financiamento de imóvel novo.

3. Onde posso financiar um imóvel usado?

É possível fazer este tipo de financiamento em diversas instituições financeiras, como o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú e Santander. Além disso, é possível fazer uma simulação de financiamento nos sites destes bancos e saber quanto ficaria por mês o financiamento do imóvel que você deseja.

4. Quem pode fazer este tipo de financiamento?

As instituições financeiras podem exigir o cumprimento de alguns requisitos para contratar o financiamento de imóveis usados ou novos, como ser correntista ou possuir outro produto financeiro com o banco. Porém, no geral, apenas as pessoas acima de 18 anos ou emancipadas, que tenham renda comprovada e que não estejam com o nome sujo podem fazer essa contratação.

5. Que dificuldades posso ter ao financiar um imóvel usado?

Uma das dificuldades é na utilização do FGTS na aquisição do imóvel; imóveis que foram comprados ou construídos com recursos do FGTS só podem ser comprados novamente com estes recursos depois de três anos. Por isso, caso você se interesse por um imóvel usado, procure saber quanto tempo faz que ele foi construído ou comprado, e se houve a utilização dos recursos do FGTS no processo.

Outra dificuldade pode estar na documentação do imóvel; são exigidos vários documentos na contratação de um financiamento de imóvel, tanto do comprador como do imóvel em questão. Documentos como a escritura devem ser apresentados e, caso apresentem alguma irregularidade, podem gerar problemas no financiamento.

Além disso, assim como todo imóvel que será financiado passa por engenheiros que o avaliam, um imóvel usado pode apresentar deformidades e outros problemas que também podem ser impedimentos para a continuidade da negociação.

6. Vale a pena financiar um imóvel usado?

Depende. Um imóvel usado bem conservado, com boa localização e bom preço, junto com boas condições de financiamento – taxa de juros, prazo e forma de pagamento -, pode representar, sim, um bom negócio. Porém, é importante se atentar à documentação da propriedade, para não ter problemas futuros e mais gastos. Confira aqui quais são as vantagens e desvantagens do financiamento de imóveis novos e usados.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL